1º Seminário de Pescadores e Marisqueiros é realizado na Ilha das Caieiras em Vitória

Foto: Divulgação/Ascom Seag ES

A Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), junto com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) realizou, no último dia (10), o 1º Seminário de Pescadores e Marisqueiros da Ilha das Caieiras, em Vitória.

O seminário reuniu 75 pescadores e marisqueiros. Na atividade, foram apresentadas informações fundamentais para a organização do setor e oportunidades para o desenvolvimento da atividade pesqueira que possibilitem o aumento na geração de renda e ofertas de emprego.

No encontro foram repassadas ainda orientações sobre a importância da emissão de notas fiscais dos produtos junto à comunidade e explicações relacionadas ao Registro Geral da Atividade Pesqueira por meio da emissão da Declaração de Aptidão (DAP), necessária para o exercício das atividades pesqueiras.

O gerente de Aquicultura, Pesca e Produção Animal da Seag, Alejandro Garcia, apresentou as ações da Secretaria em andamento para o desenvolvimento do setor e potenciais propostas para a localidade, como a piscicultura e a maricultura, e a realidade da pesca no Estado.

“Foi identificado pela Secretaria um vazio de atendimento ao setor da pesca da Grande Vitória, razão pela qual escolhemos a Ilha das Caieiras para ser a primeira comunidade pesqueira da região a ser beneficiada pelo evento. O objetivo da Seag é levar esse seminário, com seus devidos ajustes, às demais comunidades pesqueiras da região metropolitana, com informações relevantes e oportunidades concretas, incentivando a união e a organização desses atores”.

Alejandro Garcia tratou também da nova composição do setor pesqueiro dentro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). A vice-presidente da Associação de Pescadores, Marisqueiras e Desfiadeiras de Siri da Ilha das Caieiras, Simone Leal, destacou a importância da presença de diversas entidades no encontro.

“Mobilizamos os pescadores e vimos quais são as suas preocupações. Foram 75 pescadores e ficamos muito felizes porque a nossa associação nunca recebeu 6 entidades que vieram, foi uma reunião muito boa, muito positiva. As pessoas estão pedindo outras reuniões. Na nossa comunidade isso nunca aconteceu, o pescador conseguiu até tirar a DAP que, na vida deles, é algo histórico”, comemorou.

Por fim, os participantes da reunião foram informados sobre os possíveis benefícios que os pescadores podem obter com a emissão do DAP como, por exemplo, as possibilidades de acesso a crédito junto ao Governo.

Participaram ainda do seminário representantes da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Superintendência Federal de Agricultura (SFA/ES) e Câmara Municipal de Vitória.

Fonte: Ascom/ Seag ES

Deixe uma resposta