Estruturação do setor pesqueiro é tema de encontro realizado pela Seag

(Foto: Divulgaçlão/Seag ES

A Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) realizou, na última quarta-feira (25), uma reunião com entidades representativas do setor pesqueiro do Espírito Santo. O objetivo do encontro foi iniciar o processo de oficialização de um grupo que atue no desenvolvimento do setor pesqueiro no Estado, com a criação de um Comitê Gestor.

Com o apoio da Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) da Superintendência Federal de Agricultura (SFA/ES), as colônias de pescadores e associações de todo o Estado elegeram os representantes para comporem, oficialmente, esse comitê.

O gerente de Aquicultura e Pesca da Seag, José Alejandro García-Prado, apresentou as ações a serem desenvolvidas pela Secretaria, junto com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) para alavancar o setor.  Também foram apresentados os temas e desafios a serem debatidos relacionados do segmento.

A previsão é de que as reuniões sejam periódicas assim que o comitê completar a nomeação de seus membros. O grupo será formado por integrantes da sociedade civil organizada e das colônias e associações. Também farão parte do comitê sindicatos, o setor produtivo, terceiro setor, Ministério da Agricultura, Incaper, órgãos ambientais e acadêmicos ligados à área. À Seag, caberá coordenar o grupo.

Para García-Prado, o setor pesqueiro no Espirito Santo é uma importante fonte de emprego e renda e a Seag está buscando, coletivamente, a solução dos entraves que impedem o desenvolvimento do setor.

“Temos apoio, tanto do setor produtivo quanto dos órgãos de Governo que têm relação com a pesca, além do setor acadêmico. Essa união e sincronia é a base para conseguirmos nos estabelecer como um Estado reconhecidamente pesqueiro, com responsabilidade social, econômica e ambiental, a tríade da sustentabilidade”, disse.

Comitê Gestor

O Comitê Gestor de Desenvolvimento da Pesca foi criado pela Portaria Nº 47-S, de 29 de junho de 2016. Seu formato, porém, está sendo reestruturado como um Grupo para o Desenvolvimento do Setor Pesqueiro no Estado.

O objetivo principal desse grupo é a busca de soluções coletivas e democráticas para promover o desenvolvimento da cadeia produtiva da pesca no Espírito Santo, tais como a organização do setor, busca de parcerias público-privadas, regularização dos pescadores, recursos financeiros para a pesquisa e estatística pesqueira, identificação dos atores na pesca e suas respectivas embarcações, entre outras a serem identificadas nas próprias reuniões.

(Com apoio da Gerência de Aquicultura e Pesca da Seag)

Por Luciano Vieira de Aguiar / Carlos Pereira

Fonte: Ascom/Seag ES

Deixe uma resposta