Estado investe mais de R$ 5 milhões em máquinas, veículos e equipamentos para 31 municípios

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), investiu mais de R$ 5 milhões na aquisição de maquinários, equipamentos, veículos e implementos que vão auxiliar o desenvolvimento da agricultura em 31 municípios capixabas. A entrega dos 50 equipamentos aconteceu na manhã desta sexta-feira (16), em solenidade com a presença do governador Renato Casagrande.
Participaram do evento, o secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), Paulo Foletto, além de deputados federais, deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais, produtores rurais e representantes do setor agrícola.

Câmara Setorial das Florestas Plantadas retoma as atividades depois de 2 anos

A discussão do projeto de modernização do Cadastro Florestal Estadual dos consumidores e produtores florestais e do Fundeflor (Fundo Estadual de Desenvolvimento Florestal) foi pauta da primeira reunião do ano da Câmara Setorial das Florestas Plantadas. O Cadastro Florestal Estadual é um dos instrumentos da política agrícola estadual para florestas plantadas e seus produtos.

A reunião ocorreu na segunda-feira (12), na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), em Porto Alegre, e contou com a participação de entidades do setor, produtores, indústrias, pesquisadores e secretarias de governo.

Neste ano de transição da plataforma atual para uma nova plataforma para o cadastro florestal, ficou acordada a prorrogação dos cadastros dos consumidores de produtos madeireiros e não madeireiros, em situação regular em 2018, até 31 de dezembro deste ano. Para tanto, foi aprovada a redação de instrução normativa específica, para tramitação, que também informará para as empresas pagantes (com base na Lei 15.272/2019 – www.agricultura.rs.gov.br/cadastro-florestal) a forma para o pagamento das taxas do Fundeflor ano base 2019.

Concurso elegerá melhores produtos das agroindústrias familiares na Expointer

O tradicional Concurso de Produtos da Agroindústria Familiar, que ocorre no Pavilhão da Agricultura Familiar da Expointer, já tem as datas definidas. Em sua 8ª edição, o concurso avaliará os melhores itens nas categorias: suco de uva integral, vinho tinto de mesa seco, vinho tinto fino seco, salame, queijo colonial, cachaça prata, cachaça envelhecida (classificação premium e extra premium) e mel.

O concurso busca incentivar a qualificação dos produtos das agroindústrias familiares inclusas no Programa Estadual da Agroindústria Familiar (Peaf) e priorizar as boas práticas de fabricação.

“O concurso é muito importante como uma forma de reconhecer a qualidade dos alimentos produzidos pelas agroindústrias e incentivar os agricultores a continuarem na atividade, tornando os produtos cada vez mais competitivos, com o apoio do Estado”, afirma Covatti Filho, secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

Recepção aos animais na Expointer será dia 19, com Café de Cambona

A recepção e a inspeção dos animais participantes da 42a Expointer será iniciada na próxima segunda-feira (19), às 6h, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Este ano, a abertura dos trabalhos será celebrada com uma rodada de Café de Cambona, ou Café Campeiro, oferecido pela prefeitura de São Nicolau O governador Eduardo Leite e o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, participarão da recepção, no portão 8.

Após a abertura, os animais de argola (de exposiçãop) poderão entrar no parque até as 23h59min da sexta-feira (23). Os animais de provas e os rústicos podem ingressar durante todo o período da feira, desde que tenham sido previamente inscritos.

Cuidados com a saúde intestinal dos suínos promovem redução no uso de antibióticos

Práticas vão de acordo com exigências do mercado e promovem maior produtividade e redução de custos nas granjas
A redução no uso de antibióticos como promotores de crescimento é uma exigência cada vez maior nos mercados interno e externo. Com isso, os suinocultores buscam alternativas para diminuir a utilização dessas substâncias. Um desses métodos é a utilização de soluções naturais à base de minerais orgânicos, ácidos orgânicos e leveduras na alimentação dos suínos, conferindo maior resistência do trato intestinal desses animais.

Fórum durante a Expointer vai debater programa de erradicação da febre aftosa

No dia 30 de agosto, será realizado o 1º Fórum Nacional bianual do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa 2017/2026 (Pnefa). O evento ocorrerá durante a 42ª Expointer, no auditório da administração central do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, das 8h às 18h, e será aberto para a participação da sociedade.

O objetivo do fórum é discutir e informar sobre o andamento da execução do Plano Estratégico do Pnefa, além do seu impacto nacional para o setor produtivo, autoridades e sociedade em geral. “Será uma grande oportunidade de reunirmos pessoas de todo o Brasil para discutir a evolução do status sanitário dos Estados e, no caso do Rio Grande do Sul, de livre de aftosa sem vacinação, o que abrirá oportunidades comerciais importantes”, avalia o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr), Covatti Filho.