Seappa promove 1° Seminário de Turismo Rural na Baixada Verde

Evento foi realizado para o público no município de São João de Meriti

A Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Seappa) e o Consórcio Baixada Verde promoveram nesta terça-feira (1/10) o Iº Seminário de Turismo Rural na Baixada Verde.

O objetivo do encontro foi fomentar a estruturação da atividade do turismo rural, que tem potencial para promover mudanças expressivas na qualidade de vida, conservação do meio ambiente e estimular o empreendedorismo individual ou comunitário, valorizando os produtos e serviços da região.

Dentre os gestores públicos municipais estiveram presentes o prefeito de São João de Meriti, Dr. João, o deputado estadual Valdecy da Saúde e convidados de instituições públicas e privadas, estudantes da Universidade Federal Rural do Rio de janeiro (UFRRJ) e membros da sociedade civil.

Para um dos palestrantes, o coordenador de turismo rural da Seappa, Pablo Kling, que abordou um dos temas da palestra “Sensibilização para o turismo rural”, a ideia do turismo rural precisa ser revitalizado ao mesmo tempo em que traz benefícios para a vida do homem do campo em todo o estado.

“Muito bom ver que vários gestores públicos municipais estão interessados em implantar e formatar roteiros de turismo rural em seus municípios. A Baixada Verde tem grande potencial, mas é preciso transformar este potencial em produto turístico. A agricultura familiar deve ser a base desses roteiros, tendo seus produtos e serviços valorizados, aumentando a qualidade de vida dos produtores rurais”, pontuou.

Segundo dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), o setor é responsável por um em cada 11 empregos e por cerca de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) global, desempenhando importante papel nos países em desenvolvimento como gerador de riqueza e inclusão social.

Integram a Baixada Verde os municípios: Belford Roxo, Duque de Caxias, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados, São João de Meriti e Seropédica.

Fonte: Ascom/Seappa RJ

Deixe uma resposta